O Santo Sábado será observado na Nova Terra por toda a eternidade?


“E será que desde uma lua nova até à outra, e desde um sábado até ao outro, virá toda a carne a adorar (...), diz o Senhor” (Is 66:23).

“Desde uma lua nova até à outra, e desde um sábado até ao outro”, significa que a adoração será ininterrupta; toda a semana, todo o mês, eternamente, e não apenas nos sábados ou nos dias de festa.

Arcanjo Miguel


Arcanjo Miguel Na Mira da Verdade: Quem é Miguel o Arcanjo? Miguel é Jesus? O Anjo do Senhor é Miguel? Será um nome, um título do Filho de Deus? Essa questão é importante para a Igreja Adventista? Porquê? Como a negação desse ensinamento afeta o Espírito de Profecia, a Mortalidade da Alma e o Juízo Investigativo?

A maioria dos cristãos são surpreendidos ao saber que a IASD ensina que Jesus é o Arcanjo Miguel, mas Ellen White disse que Ele era Miguel, então se eles mudarem isso, eles terão que rejeitá-la como "o Espírito de Profecia" e não seriam a igreja remanescente! Então, agora eles precisam manter que Jesus é tanto Deus como um Anjo.

Faz uma grande diferença saber quem Jesus realmente é conforme 2 Coríntios 11:4 diz, haverá aqueles que ensinam outro Jesus, pregam um evangelho diferente e possuem um outro espírito. Estas marcas identificam seitas, que invariavelmente atacam a doutrina de Cristo. No início pioneiros Adventistas negavam Sua divindade dizendo que ele era o arcanjo. No Comentário Adventista vol. 5 p. 1129 Ellen diz:

"O homem Jesus Cristo não era o Senhor Deus Todo-Poderoso"

QUEM É MIGUEL SEGUNDO O APÓSTOLO PEDRO E JUDAS?

Compare as palavras em negrito:

2 Pedro 2:9-12:

"Vemos, portanto, que o Senhor sabe livrar os piedosos da provação e manter em castigo os ímpios para o dia do juízo, especialmente os que seguem os desejos impuros da carne e desprezam a autoridade. Insolentes e arrogantes, tais homens não têm medo de difamar os seres celestiais; contudo, NEM OS ANJOS, embora sendo maiores em força e poder, fazem ACUSAÇÕES INJURIOSAS contra aqueles seres na presença do Senhor. Mas eles difamam o que desconhecem e são como criaturas irracionais, guiadas pelo instinto, nascidas para serem capturadas e destruídas; serão corrompidos pela sua própria corrupção!" 

Judas 1:8-10:

"Da mesma forma, estes sonhadores contaminam seus próprios corpos, rejeitam as autoridades e difamam os seres celestiais. Contudo, NEM mesmo O ARCANJO MIGUEL, quando estava disputando com o diabo acerca do corpo de Moisés, ousou fazer ACUSAÇÃO INJURIOSA contra ele, mas disse: "O Senhor o repreenda!" Todavia, esses tais difamam tudo o que não entendem; e as coisas que entendem por instinto, como animais irracionais, nessas mesmas coisas se corrompem." 

Veja que Judas e Pedro falam exatamente sobre o mesmíssimo assunto, palavra por palavra, compare:

2 Pedro 2:9-12:                                 Judas 1:8-10:

"desprezam a autoridade"                    "rejeitam as autoridades"

"difamar os seres celestiais"                  "difamam os seres celestiais"

"contudo, nem os anjos"                      "Contudo, nem mesmo o arcanjo Miguel"

"fazem acusações injuriosas"                 "fazer acusação injuriosa"

"contra aqueles seres"                           "contra ele"

"difamam o que desconhecem"              "difamam tudo o que não entendem"

"criaturas irracionais"                             "animais irracionais"

"serão corrompidos"                               "se corrompem"

Pedro fala sobre a atitude dos anjos, no geral, enquanto Judas oferece o exemplo de um anjo específico. Imagine agora Pedro na "Escola Sabatina" perguntando a Judas: - "Cite o nome de um anjo que embora seja maior em força e poder, não faz acusações injuriosas contra aqueles seres." Qual seria a resposta de Judas? Creio que a resposta de Judas não está de acordo com o que a Igreja Adventista ensina. Mas você não vai querer discordar da clara afirmação do irmão de Jesus, vai?

Conclusão:

O Arcanjo Miguel é um Anjo Poderoso que não faz acusações injuriosas, Miguel NÃO é o Senhor Jesus!

Em qual dia Adventistas e Cristãos adoram?

Os Adventistas creem que os Cristãos devem adorar no sábado, de sexta ao pôr do sol a sábado ao entardecer, como os judeus. Porém, os Adventistas são muito mais liberais na forma como eles observam o sábado do que os judeus ortodoxos. Os adventistas vão viajar, fazem caminhada, bicicleta, cozinham, lavam pratos e alguns vão até comer fora no Sábado.

Os Cristãos do Novo Testamento adoraram no domingo, o primeiro dia da semana, chamando-o de Dia do Senhor. Eles fizeram isso em honra a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos e para mostrar que eles não estavam mais sob a Antiga Aliança, ou a Aliança de Moisés.

O sinal do pacto da Antiga Aliança era a guarda do Sábado para Israel (Ex. 31:16-17). Os cristãos também observam sinais para mostrar que estão na Nova Aliança que são o Batismo (Col. 2,11-12) e a Ceia do Senhor (1 Coríntios. 11:24-25).


Por que você está atacando a Igreja Adventista?

A nossa intenção não é atacar, mas sim, edificar o Corpo de Cristo. Nós amamos o Senhor Jesus e estamos querendo ensinar a Sua Palavra. É interessante que a maioria dos Adventistas não vêem nenhum problema com seus evangelistas e publicações que atacam as Igrejas Evangélicas chamando-as de "filhas da Babilônia", mas quando os cristãos apontam os erros Adventistas, estamos atacando-os. Não seria o sujo falando do mal lavado.


"Se você sente que qualquer coisa nestas páginas é um ataque pessoal contra você, então você deve se questionar sobre a natureza do ensino e condicionamento que está recebendo das mãos de sua instituição religiosa ou líderes.

Análise crítica e discussão de ideias e de práticas NÃO é o mesmo que um ataque pessoal a quem possa deter a tais crenças ou práticas.

Se você pensar ou sentir que é, então você tem sido ensinado ou condicionado de tal forma a evitar o seu próprio exercício de pensamento racional na busca pela verdade.

Esse condicionamento é uma ferramenta utilizada para a subjugação espiritual, uma arma de controle e prevenção contra a sua própria liberdade de pensar e agir.

Na realidade, não somos nós que estamos atacando você, mas aqueles que empregaram tais armas." Tim Oliver 

Em Cristo,

Hélio S. Júnior

Walter Martin e os Adventistas

Walter Martin
Apologista Cristão.
Fundador do
Christian Research Institute,
no Brasil ICP.
A partir da década de 1950, a Igreja Adventista do Sétimo Dia começou a buscar a aceitação das igrejas evangélicas.

Começaram um diálogo com Walter Martin [autor de "O Império das Seitas"] por insistência de Donald Grey Barnhouse.

O que se seguiu foi uma espetacular operação de relações públicas, iniciando um encobrimento das verdadeiras doutrinas do Adventismo.

Será que os Adventistas enganaram Walter Martin? - Você decide! Did Adventists deceive Walter Martin?--You decide!

Será que os líderes adventistas mentiram para Walter Martin? Did Adventist Leaders Lie To Walter Martin?

Martin / Barnhouse Autenticação dos Adventistas como Evangélicos por Ralph Weitz. Martin/Barnhouse Authentication of Adventists as Evangelicals Pdf Download em Inglês.

Entrevista de Walter Martin

Entrevista de Walter Martin por Gently Broken

Questões de Walter Martin a Conferência Geral por Gently Broken

Posição de Walter Martin sobre o Adventismo por Gently Broken

Por favor, assista uma das últimas entrevistas com o falecido Walter Martin e um líder adventista. Teria o Dr. Martin mudado de idéia sobre o adventismo? Você decide.

Walter Martin vs Robert Johnston entrevista no John Ankerberg Show. É imperdível!

WALTER MARTIN AND WILLIAM JOHNSSON DEBATE (1985)

Walter Martin Interview (Link Quebrado)
http://www.fortunecity.com/millennium/lincoln/666/martincurrents/

Em Avaliação:


Questões sobre Doutrinas (Wikipedia)

The Martin Johnsson Debate

Livro Questões sobre Doutrina on-line
The book, Seventh-day Adventists Answer Questions On Doctrine

Adventistas Declaram que Guardar o Domingo NÃO é Pecado.wmv

Líderes Adventistas Declaram: "Não é Pecado Guardar o Domingo" Pr Airton Evangelista da Costa

HÁ CINQUENTA ANOS, adventistas, ao admitirem que os "domingueiros" não estavam em pecado, concluíram que qualquer dia da semana poderia ser guardado. Vejam na matéria a seguir que o Dr. Walter Martin não entrevistou gente miúda, pequenos adventistas, homens comuns da crença. Entrevistou "conceituadíssimos líderes". O livro com essas entrevistas foi exaustivamente revisado por "250 líderes adventistas". A palavra vem da cúpula adventista, de homens que exercem ou exerciam liderança no seio dessa religião. Houve realmente um consenso em torno dessa questão. Se há adventistas radicais que discordam dessa importante decisão, precisam primeiramente explicar por que, onde e como aqueles próceres erraram. Ao admitir que os domingueiros não estão em pecado, admitiram, também, que os adventistas poderiam guardar o domingo. Num e noutro caso não haveria pecado. O foco da discussão deveria ser dirigido nessa direção. Por que esses proeminentes adventistas cederam? O que realmente aconteceu no seio adventista? Qual o pensamento predominante no adventismo brasileiro? Vejamos a matéria.

Extraída do Dicionário de Religiões, Crenças e Ocultismo, de George A. Mather & Larry A. Nichols, Vida, 2000, pg.194: "Entre 1955 e 56, Dr. Walter Martin, um dos grandes apologistas da fé cristã em nossos dias e fundador do Christian Research Institute, EUA, entrevistou conceituadíssimos líderes adventistas em sua associação Geral (o órgão máximo do grupo), naquela época localizada em Takoma Park, Maryland, EUA. O resultado final da entrevista deu origem ao livro Seventh-day adventists answer questions on doctrine (Adventistas do sétimo dia respondem perguntas sobre doutrina), lançado em 1957 pela editora adventista Review and Harald Publishing Association. Antes de ser publicado, o manuscrito de 720 páginas foi revisado por 250 líderes adventistas. Foi destacado o seguinte":

1. Sabatismo: a guarda do sábado não propicia salvação; o cristão que observa o domingo não está em pecado; não é cúmplice do papado.

2. Ellen G. White: seus escritos não devem ser colocados em pé de igualdade com a Bíblia; não são de valor universal, mas restritos à IASD.

3. Santíssimo: Cristo entrou no Lugar Santíssimo por ocasião de sua ascensão, e não em 22 de outubro de 1844. Assim, as doutrinas do santuário celestial ser purificado e do juízo investigativo não tinham base bíblica. "Houve, contudo, sérias controvérsias no seio da IASD devido ao livro, dando origem a dois movimentos: o tradicional e o evangélico. O primeiro recusava-se a abrir mão das posições acima, pois aceitá-las comprometeria a exclusividade da IASD como o remanescente, a única e verdadeira igreja de Cristo. O segundo advogava os conceitos expressos no Questions on Doctrine. Estes não queriam deixar a IASD, apenas queriam uma reforma nas questões teológicas nada ortodoxas. Muitos desses, porém, por pressões internas, deixaram a IASD. Diante de tudo o que foi dito acima, concluiu-se que o adventismo com o qual o Dr. Walter Martin dialogou e aceitou como cristão não é mais o mesmo que presenciamos aqui no Brasil, pois rompeu com tudo aquilo abordado no Questions on Doctrine. Entretanto, não se pode negar que há dentro da IASD aqueles que almejam o retorno às formulações esboçadas e defendidas no Questions on Doctrine".

Ano: 2005

Declarações Adventistas:




Opinião de um leitor do Programa Na Mira da Verdade

O jornalista Leandro Quadros ao tentar mostrar que Walter Martin não considerava Adventistas como seita, esqueceu de citar partes importantes sobre a opinião do Christian Research Institute em seu artigo. As Doutrinas heréticas que IASD brasileira prega como o Juízo Investigativo, a inspiração dos escritos de Ellen G. White, etc. Leia a matéria completa do Instituto AQUI.

VAI AQUI UMA ANÁLISE DO TEXTO DO ICP, UTILIZADO PELO JORNALISTA EM DEFESA DA IGREJA ADVENTISTA

! “o CRI (Christian Research Institute) tem continuado a afirmar que este não é o caso. Nós tomamos esta posição com base no conteúdo da doutrina que foi afirmado em uma publicação oficial IASD (1957) intitulado Questões sobre Doutrina…”

O ICP, com o diz o texto, tomou essa posição, que é a mesma de Walter Martim, com base no conteúdo do livro “adventistas respondem questoes de doutrina(QOD)”

Apesar da elipse utilizada pelo Leandro, mesmo depois de ter repreendido o pastor Rinaldi por supostamente ter usado de elipse, não pode haver o uso de elipse em assuntos relevantes!

Eis o conteúdo da elipse:

“Convém notar que, em 1983, W. Richard Lesher, Vice-Presidente da Conferência Geral, afirmou que a IASD estava por trás das perguntas publicação na doutrina.

Ou seja , a Igreja Adventista do 7º Dia é que estava por tráz da pesquisa com perguntas e respostas, que culminaram na conclusão de walter e do Instituto americano que ele fundou.

Quem disse isso foi o vice- presidente da conferencia geral adventista!

Assim, a conclusão que foi ratificada e aceita por 250 líderes da ASD, não pouco estimados, mas estavam eles ocupando a liderança da igreja adventista, partiu da própria igreja adventista

Não foram consultados leigos na pesquisa, mas líderes cultos no meio adventista!

Foi a observando a conclusão final das crenças expostas pelos adventistas da época, fundamentado nestas crenças, é que walter martin proferiu a afirmação de que os adventistas eram cristãos genuínos!

E qual foi a conclusão: Aqui está parte dela:

1. Sabatismo: a guarda do sábado não propicia salvação; o cristão que observa o domingo não está em pecado; não é cúmplice do papado.

2. Ellen G. White: seus escritos não devem ser colocados em pé de igualdade com a Bíblia; não são de valor universal, mas restritos à IASD.

3. Santíssimo: Cristo entrou no Lugar Santíssimo por ocasião de sua ascensão, e não em 22 de outubro de 1844. Assim, as doutrinas do santuário celestial ser purificado e do juízo investigativo não tinham base bíblica.

A AFIRMAÇÃO DE QUE OS ADVENTISTAS SÃO CRISTÃOS GENUÍNOS, FOI DIRIGIDA AOS ADVENTISTAS QUE TINHAM POR FÉ AS CRENÇAS ACIMA NUMERADAS,DENTRE OUTRAS!

Esta conclusão é parte intransigente da legitimidade para a igreja adventista de hoje poder aplicar a si mesmo, hodiernamente ,a conclusão de martim e do ICP americano de que ela não é uma seita.

Ou seja, não pode haver mutilação de conteúdo!
Se os adventistas de hoje querem aplicar o veredicto de Martin a sí mesmos, como faz o Leandro, que confessem então essas conclusões expostas aí acima!

Se A Igreja adventista de Hoje destoa dessas conclusões aí, não fazendo elas mais parte do arcabouço de crenças , nem tampouco então podem aplicar a si a conclusão de Martim de que os adventistas não são uma seita!

Foram estas conclusões aí, juntamente com outras mais, que levaram martim a afirmar o que afirmou!

Essas crenças aí fazem parte da fé adventista progressista da época, que foi rejeitada pelos tradicionais, ala da qual a ASD de Hoje é descendente!

Veja o que o Próprio ICP americano, no texto Utilizado pelo Leandro, DIZ SOBRE QUEM eles consideram como sendo uma SEITA:

“ Aqueles que seguem de perto o adventismo sabe que nas últimas duas décadas têm sido caracterizadas por um profundo conflito interno que tem dividido a denominação adventista e deixou muitos desiludidos. Hoje, há várias divisões ou facções dentro SDA. Alguns desejam que o adventismo seria totalmente entra na corrente evangélica, mantendo certas distinções Adventista.
OUTROS, OS ADVENTISTAS MAIS TRADICIONAIS OU FUNDAMENTALISTAS, MUITAS VEZES REJEITAM PORÇÕES DE PERGUNTAS SOBRE DOUTRINA E PROCURAR AFERRAR-SE A VÁRIAS HERESIAS QUE SURGIRAM NO INÍCIO DO MOVIMENTO ADVENTISTA, COMO O JUÍZO INVESTIGATIVO, A NATUREZA PECAMINOSA DE CRISTO, E VISUALIZAÇÃO DE ELLEN G. WHITE COMO O INTÉRPRETE INFALÍVEL DA ESCRITURA.

É A DIVISÃO DO ADVENTISMO QUE GERALMENTE SE REFEREM A SI MESMOS COMO “A IGREJA REMANESCENTE”, OU AGENTE EXCLUSIVO DE DEUS, QUE A CRI CONSIDERARIA COMO SENDO DE CULTO.

Alguns dentro deste campo seria anathematize todos do protestantismo, argumentando que, domingo, os detentores receberão a marca da besta, pouco antes da segunda vinda de Cristo. Evidentemente, esta é a parte extrema da SDA, mas ainda assim bem representados”.

ELES CONSIDERAM COMO SEITA AQUELA IGREJA ADVENTISTA QUE SE CONSIDERA O POVO REMANESCENTE.

Vamos ver algumas publicações Adventistas:

27 crenças adventistas:

Crença de nº 13

O Remanescente e Sua Missão |
A Igreja universal se compõe de todos os que verdadeiramente crêem em Cristo. Mas nos últimos dias, um tempo de ampla apostasia, UM REMANESCENTE TEM SIDO CHAMADO PARA FORA A FIM DE GUARDAR OS MANDAMENTOS DE DEUS E A FÉ EM JESUS. Este remanescente anuncia a chegada da hora do Juízo, proclama a salvação por meio de Cristo e prediz a aproximação de Seu segundo advento. Esta proclamação é simbolizada pelos três anjos do Apocalipse 14; coincide com a obra do julgamento no Céu e resulta numa obra de arrependimento e reforma na Terra. Todo crente é convidado a ter uma parte pessoal neste testemunho mundial.enças adventistas)

Quem é a igreja remanescente aí? R: Adventistas do 7º dia

Crença de nº 18

“O Dom de Profecia
Um dos dons do Espírito Santo é a profecia. ESTE DOM É UMA CARACTERÍSTICA DA IGREJA REMANESCENTE E FOI MANIFESTADO NO MINISTÉRIO DE ELLEN G. WHITE

Qual é a igreja remanescente aí? R : Igreja Adventista

O que disse o ICP americano sobre aqueles que se auto intitulam Igreja Remanescente?

É A DIVISÃO DO ADVENTISMO QUE GERALMENTE SE REFEREM A SI MESMOS COMO “A IGREJA REMANESCENTE”, OU AGENTE EXCLUSIVO DE DEUS, QUE A CRI CONSIDERARIA COMO SENDO DE CULTO.

O ICP americano considera seita a divisão Adventista que se ufana de ser a Remanescente.

São exclusivistas os adventistas?

A IGREJA ADVENTISTA É A REMANESCENTE FIEL DE UMA GRANDE APOSTASIA,DIZEM VOCÊS!
Vejam esta nota do site Jesus Voltará sobre quem é a Igreja REMANESCENTE:
Está nessa URL aqui:
http://www.jesusvoltara.com.br/profeciasdaniel/24_povo_de_deus.htm , nota do item 12:
NOTA: A IGREJA REMANESCENTE DIFERENCIANDO-SE DAS DEMAIS, GUARDA TODOS OS MANDAMENTOS DE DEUS, INCLUINDO O QUARTO MANDAMENTO, O QUAL REQUER A GUARDA DO SÉTIMO DIA, O SÁBADO. ESTA É UMA MARCA ESPECIAL DE IDENTIFICAÇÃO DA IGREJA DOS ÚLTIMOS DIAS. A IGREJA REMANESCENTE MANTERÁ EM SEU MEIO O ESPÍRITO DE PROFECIA, E ATRAVÉS DESTE DOM DARÁ TESTEMUNHO DE JESUS.

Segundo a nota, a igreja adventista é diferente das demais e é a remanescente!

São exclusivistas?
É ela, a ASD, que pelo espirito de profecia, dará testemunho ao mundo!

Segundo a Igreja Adventista, alguem mais tem o espirito de profecia?Não!São agentes exclusivos de Deus!

Olha a afirmação de Martin, Utilizada pelo Leandro:

“ Seja compreendido que fizemos apenas uma reivindicação; isto é, QUE AQUELES ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA QUE SEGUEM AO SENHOR DE MANEIRA IDÊNTICA À DE SEUS LÍDERES QUE INTERPRETARAM PARA NÓS A POSIÇÃO DOUTRINÁRIA DE SUA IGREJA DEVEM SER CONSIDERADOS VERDADEIROS MEMBROS DO CORPO DE CRISTO” – Donald Grey Barnhouse, “Foreword”, em Walter R. Martin, The Truth About Seventh-day Adventism. Grand Rapidis: Zondervan.1960, p. 7. Citado em Questões Sobre Doutrina. Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2009, p.20.

Martim disse que aqueles adventistas que seguem ao senhor de MANEIRA IDENTICA a de seus lideres que lhes transmitiram as doutrinas adventistas, deven ser considerados verdadeiros membros do corpo de Cristo.

Para poder ser considerado um cristão genuíno pelo iCP e por Martin, sendo adventista, é preciso seguir de MANEIRA IDENTICA o que os lideres da época transmitiram a Martin!

OU SEJA, SÓ QUEM SEGUE ISSO AQUI Ó,…….

1. Sabatismo: a guarda do sábado não propicia salvação; o cristão que observa o domingo não está em pecado; não é cúmplice do papado.

2. Ellen G. White: seus escritos não devem ser colocados em pé de igualdade com a Bíblia; não são de valor universal, mas restritos à IASD.

3. Santíssimo: Cristo entrou no Lugar Santíssimo por ocasião de sua ascensão, e não em 22 de outubro de 1844. Assim, as doutrinas do santuário celestial ser purificado e do juízo investigativo não tinham base bíblica.

………de forma I-D-E-NT-I-C-A, é que pode aplicar a sentença de Martim a ele mesmo!

Fica claro pelo texto de Martin que ele se Referiu a ala Evangélica da Igreja adventista do 7º dia existente na época!

Essa foi uma ala rejeitada pelos adventistas tradicionais, que acreditam que ellem white é Profeta infálivel, que acreditam que quem não guarda o sábado está em pecado, diferindo assim, daqueles adventistas de ala evangélica que acreditavam o oposto disso e instruiram warter martim acerca dessas doutrinas!

SÃO SOMENTE ÁQUELES ADVENTISTAS QUE SEGUEM DE MANEIRA IDENTICA as dourinas expostas em ADVENTISTAS RESPONDEM QUESTÕES DE DOUTRINA.Eles sim podem aplicar a afirmação de martim à eles!

A IGREJA ADVENTISTA DO 7º DIA HOJE SEGUE ? NÃO!
A ASD TEM QUE ABRAÇAR O QOD POR COMPLETO PARA PODER APLICAR A AFIRMAÇÃO DO ICP E DE MARTIN A SI MESMA HODIERNAMENTE!
Veja o que diz o ICP sobre The White Lie, o livro de Rea:
Está Na mesma url dada pelo Leandro, basta apenas abrir a seção “ver todos os arquivos e THE WHITE LIE”
“Rea polêmica está em julgamento flagrante de cultismo nas suas várias formas sutis, especialmente a de Aberrational movimentos cristãos. Os adeptos de tais grupos, que têm a sorte de adquirir este trabalho a certeza de estar muito perturbado pela severa advertência do autor sons. THE WHITE LIE TAMBÉM DEVE SER DE INTERESSE PARA OS APOLOGISTAS CRISTÃOS E PARA AQUELES ENVOLVIDOS EM EVANGELISMO CULTO.”
“O ICP ESTÁ AFIRMANDO QUE OS ENVOLVIDOS EM EVANGELISMO DE SEITA DEVEM TER INTERESSE EM THE WHITE LIE”
QUAL A ÚNICA DENOMINAÇÃO QUE PODERIA SER EVANGELIZADA COM THE WHITE LIE?
SÓ A IGREJA ADVENTISTA, pois THE WHITE LIE DIZ RESPEITO SOMENTE A ELLEM G.WHITE.
O ICP NESTE TEXTO CONSIDERA A IGREJA ADVENTISTA DE HOJE UMA SEITA!

Há um texto muito bom em um site advetista:
Esse assunto já foi tratado por Richard K. Samples, que foi um integrante do instituto em um periódico do ICP americano, que pode ser encontrado nesta URL aqui: http://www.escatologia.com.br/…/09_Uma%20Nova%20Ordem%20de%20Coisas%203p.pdf

Vejam o que diz o Texto da URL acima: É uma fala do ICP americano em 1988:

É nossa posição que a avaliação dada por Barnhouse e Martin ainda se aplica ao segmento do adventismo que acata as posições mantidas no QOD, e mais tarde expressas no movimento adventista evangélico das últimas décadas “

A igreja adventista de hoje mantém as posiçoes de qod? NÃO!

Veja que o autor do texto, INTEGRANTE DA CÚPULA DO ICP, diz que

“É NOSSA POSIÇÃO”.

Essa posição não mudou desde que Warter Martin fez a pesquisa!

ISSO SIGNIFICA, NO ANO DE 1988, QUE A POISIÇÃO DO ICP AMERICANO É DE QUE A CONLUSÃO DE MARTIN (DE QUE OS ADVENTISTAS SÃO CRISTÃOS GENUINOS) SE APLICA SOMENTE A ALA EVANGÉLICA DA IGREJA ADVENTISTA.

PORQUE ELE FAZ ESSA DISTINÇÃO DE ALA EVANGÉLICA?

SIMPLES, PORQUE EXISTE UMA ALA DA IASD QUE, SE JULGANDO A IGREJA REMANESCENTE, É DE SEGMENTO TRADICIONAL, A QUAL É CONSIDERADA PELO ICP COMO “SEITA”.

A ala Evengélica a qual o ICP considera como cristãos genuinos, confessam QOD!

A avaliação de Martin e do ICP se aplica apenas ao seguimento evangélico do Adventismo!

Não se aplica ao seguimento adventista de hoje, que é de corrente tradicional, pois estes rejeitam porções daquela crença que levou Valter Martin a afirmar o que afirmou!

Por isso, o ICP americano, no próprio texto texto utilizado pelo Leandro, disse:

“É A DIVISÃO DO ADVENTISMO QUE GERALMENTE SE REFEREM A SI MESMOS COMO “A IGREJA REMANESCENTE”, OU AGENTE EXCLUSIVO DE DEUS, QUE A C.R.I. CONSIDERARIA COMO SENDO UMA SEITA.”

Vejam outra fala do autor do texto do ICP no site escatologia:

Além de sua posição comprometedora sobre justificação, o Adventismo Tradicional parece inclinado a tornar Ellen G. White a infalível intérprete da Escritura.

Quem faz isso é o segmento tradicional ao qual o ICP considera seita, que se julgam a igreja remanscente!

A igreja adventista do 7º dia considera Ellem White infalível?

Vejam esta fala do ICP EM 1988:

“Com respeito à acusação de que o Adventismo Tradicional é uma seita não cristã, deve-se realçar que a estrutura do adventismo é em grande parte ortodoxa (a aceitação da Trindade, divindade de Cristo, nascimento virginal, ressurreição corpórea, etc.). Atualmente, contudo, pareceria que o Adventismo Tradicional é, pelo menos, aberrante, confundindo ou comprometendo a verdade bíblica (por exemplo, sua visão da justificação e natureza de Cristo, apelando a uma autoridade não bíblica). DEVE-SE TAMBÉM DECLARAR QUE SE O CAMPO TRADICIONAL CONTINUAR A DESVIAR-SE DO QOD, E A PROMOVER ELLEN WHITE COMO A INTÉRPRETE INFALÍVEL DA IGREJA, ENTÃO ELES PODEM UM DIA ESTAR MERECENDO PLENAMENTE O TÍTULO DE “SEITA”, COMO ALGUNS ADVENTISTAS RECONHECEM.

O AUTOR, COM AUTORIZAÇÃO DE WALTER MARTIM, POIS EM 1988, QUANDO ESTE TEXTO FOI PUBLICADO, MARTIM ERA DIRETOR DO ICP AMERICANO, DISSE QUE SE A IGREJA ADVENTISTA CONTINUAR A DESVIAR-SE DAS CRENÇAS EXPOSTAS EM QOD E CONTINUAR A PROMOVER ELLEM WHITE COMO INFALÍVEL, DEVE ENTÃO SER CONSIDERADA COMO SEITA!

ISSO ELE DISSE EM 1988. ESTAMOS HOJE EM 2010 E A IGREJA ADVENTISTA CONTINUA AINDA A AFASTAR-SE DE QOD E AINDA A PROMOVER ELLEM WHITE COMO INFÁLÍVEL!

QUAL É O VEREDITO DO ICP AMERICANO ? SEITA!

A IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA FAZ ISSO HOJE?
COLOCA ELLEM WHITE COMO INFALÍVEL?
ESTÁ SE DESVIANDO DE QOD, REJEITANDO PORÇOES DELE?
ENTÃO O VEREDITO DO ICP AMERICANO É “SEITA”!

O QUE MUDOU NAS CRENÇAS ADVENTISTAS, DE 1988 PARA CÁ, PARA QUE O ICP AMERICANO MUDASSE SUA OPINIÃO SOBRE OS ADVENTISTAS?

R: NADA!

PORTANTO, A IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA DE RAMO TRADICIONAL QUE EXISTE HOJE, A QUAL O SENHOR LEANDRO PERTENCE É CONSIDERADA PELO ICP E POR MARTIN UMA SEITA.

A declaração de Martin e do ICP americano só se aplica aos adventistas de corrente evangélica que abraçam as doutrinas de QOD!

Vejam o que diz o final do texto utilizado pelo leandro!

“É nossa sincera esperança de que este 5 milhões corpo da igreja membros, que historicamente tem sido uma mistura de doutrina ortodoxa e herética, irá mover em direção a uma posição mais sadia e bíblica longe os erros doutrinários que realizou no passado. É nossa esperança que a liderança da SDA vai levar seu povo de todas as formas de legalismo e para a liberdade que os resultados sejam justificados pela graça de Deus através da fé (Ef 2:8-9).”

O texto afirma que os adventistas são legalistas não justificados pela fé, pois a esperança do ICP americano é que os adventistas sejam conduzidos para fora de todo o legalismo e para dentro da liberdade que tenha como resultado a justificação pela fé em cristo!

Está aqui a afirmação:

É nossa esperança que a liderança da SDA vai levar seu povo de todas as formas de legalismo e para a liberdade que os resultados sejam justificados pela graça de Deus através da fé (Ef 2:8-9).”

Justificação pela fé é doutrina FUNDAMENTAL do cristianismo, da qual, segundo o ICP americano, os adventistas de hoje, NA PRÁTICA, não participam!

Agora leiam o que diz a parte do texto utilizado pelo Leandro:

“… Desde que os IASD NÃO REJEITAM AS DOUTRINAS FUNDAMENTAIS do cristianismo histórico (Trindade, verdadeira divindade de Cristo, Sua ressurreição corporal, etc), não acreditamos que eles devam ser classificados como um culto não-cristã”

Segundo o ICP, na prática, os adventistas de hoje rejeitam a justificação pela fé,que está contida na ETC aí do texto, portanto, segundo o texto, devem ser considerados SEITA, pois somente se não rejeitarem as doutrinas fundamentais do cristianismo, é que serão cristãos genuinos!

A questão aqui não é se os adventistas rejeitam ou não, mas que o texto diz que rejeitam!
Portanto, completamente sem fundamento o Leandro vir usar este texto em defesa da IASD!

O LEANDRO TROCA O DESTINATÁRIO DA AFIRMAÇÃO DE MARTIM!

O LEANDRO TIRA A ALA EVANGÉLICA, QUE ACREDITA QUE ELLEM WHITE É FALÍVEL, QUE ACREDITA QUE QUEM GUARDA O DOMINGO NÃO ESTÁ EM PECADO E QUE FOI A ALA DESTINATÁRIA DA AFIRMAÇÃO DE MARTIM, E COLOCA NO LUGAR DELA UMA ALA QUE ACREDITA NO OPOSTO DE TUDO ISSO!

O LEANDRO ENTÃO, MUDANDO O DESTINATÁRIO, APLICA A SENTENÇA DE MARTIM (QUE OS ADVENTISTAS SÃO CRISTÃOS GENUÍNOS) A UMA IGREJA QUE AFIRMA EXATAMENTE O OPOSTO DAQUELA ALA A QUAL MARTIM DIRIGIU SUA AFIRMAÇÃO!

AÍ FICA FÁCIL!

MUDANDO O DESTINATÁRIO FICA FÁCIL!

Leiam o texto dessa URL aqui. É um site adventista!

http://www.escatologia.com.br/…/09_Uma%20Nova%20Ordem%20de%20Coisas%203p.pdf

O TEXTO UTILIZADO PELO LEANDRO É HARMONICO COM O TEXTO DE SAMPLES EM 1988!AFIRMAM AS MESMAS COISAS!

A posição do ICP AMERICANO é a mesma de sempre!

QUE OS ADVENTISTAS DE ALA EVANGÉLICA, QUE CONFESSAM O CONTEÚDO DE QOD, DE FORMA IDENTICA, COMO BEM ASSEVEROU VALTER MARTIN NO TEXTO UTILIZADO PELO LEANDRO, ELES SIM PODEM SER CONSIDERADOS CRISTÃOS GENUÍNOS.

E AQUELES QUE NEGAM PORÇOES DE QOD, COMO É O CASO DA IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA HOJE?

ESSES NÃO PODEM APLICAR A SENTENÇA DE MARTIN A ELES!"

Perguntas Frequentes Sobre o Adventismo



Muitos não conhecem o espírito por trás da Igreja Adventista do Sétimo Dia. (Clique aqui para assistir ao Vídeo) A seguir respostas a maioria das dúvidas que podem ter aquelas pessoas que não conhecem verdadeiramente quem realmente são os adventistas do sétimo dia.

Espero que lhes ajude a eliminar dúvidas e se houver qualquer pergunta não incluída esta será bem-vinda. A intenção deste trabalho não é difamar, mas, sim, informar objetivamente e com propriedade o que muitas vezes os adventistas não dizem à opinião pública, ou que ocultam daqueles que desconhecem seu “modus operandi”.

1. Os Adventistas do Sétimo Dia são como os outros cristãos?

Não. Adventistas do Sétimo Dia possuem várias "doutrinas distintivas" que eles mesmos admitem, torná-los únicos entre todas as outras igrejas. Um povo especial, diferente dos outros crentes. A verdadeira Igreja, o Remanescente Fiel, a Igreja visível de Deus. Consideram-se restauradores da verdade que foi lançada por terra, do verdadeiro evangelho necessário para o tempo do fim (Conf. A Igreja RemanescenteO Grande Conflito, o Decreto Dominical, o Selo de Deus, a Marca da Besta e As 3 Mensagens Angélicas)

Para saber mais sobre os Adventistas Clique Aqui.

2. Quais são essas doutrinas que fazem os Adventistas do Sétimo Dia diferentes e únicos?

A. A doutrina de que os Escritos de Ellen G. White são tão inspirados quanto a Bíblia e da mesma fonte e autoridade. Para muitos, acreditar que Ellen White (conhecida também como Espírito de Profecia) é a profetiza para este tempo do fim e na inspiração de seus escritos é um dos críterios para fazer parte da Igreja Verdadeira.

Para saber mais sobre Ellen G. White Clique Aqui.

O que você acha sobre a doutrina tradicional do Inferno? Você poderia amar um Deus que ira queimar os pecadores para sempre?

A resposta a esta questão se resume a Escritura. Doutrinas não são questões filosóficas. Devemos perguntar: O que a Bíblia ensina? Então nós nos submetemos à autoridade das Escrituras.

Quando eramos Adventistas, a doutrina da aniquilação era o nosso "evangelho" - possivelmente porque ficamos com medo que não pôde fazê-lo no céu. Agora estamos focados na mensagem positiva da confiança.

Com relação ao inferno, estude a Bíblia. O que ela diz? Em seguida, aceite o que a Bíblia diz.

Toda a verdade sobre Deus é uma boa notícia! Isso deve ser reconhecido a priori e deve formar a base para qualquer entendimento da resposta final de Deus para o pecado. Quando chegarmos ao céu e termos uma compreensão mais completa do funcionamento de Deus, incluindo o Seu trato com os ímpios, não mudara nada. Seus caminhos são perfeitos.

Em um momento em nossa experiência como Adventistas, nós realmente declaramos que jamais consentiria em passar a eternidade com um Deus que atormenta no inferno os pecadores, mas agora nós simplesmente confiamos que os Seus caminhos são perfeitos, e estamos ansiosos para Sua explicação de certas coisas que podem nos preocupar agora. Teremos o prazer de passar a eternidade com Ele, não importa de que lado o debate sobre fogo do inferno está correto. Ele é digno de nossa confiança.


Poderia Ellen White ser considerada inspirada no mesmo nível de famosos escritores cristãos, como C.S. Lewis, Phillip Yancey, e Max Lucado?

Não. Ellen White alegou experiências visionárias diretas, e estes outros escritores não. Portanto, pode-se discordar de C.S. Lewis com base na Escritura, mas não se pode discordar de Ellen White se ela é o que ela dizia ser.


Por que você odeia Ellen White?

Não odiamos Ellen White. Na verdade, temos esperança que Ellen White foi salva pela graça de Deus. Acreditamos que ela foi uma mulher de grande fé embora ela estivesse altamente equivocada. Ela é uma mulher notável, fascinante, e respeitamos profundamente a sua determinação e suas realizações. Ela era uma pessoa de grande inteligência que, acreditamos, sofreu uma lesão cerebral que levou às suas propensões visionárias. Não culpamos Ellen White por acreditar que Deus enviava as suas representações vívidas, porém realmente culpamos alguns dos primeiros ASDs que parecem ter descoberto a verdade sobre ela e a esconderam debaixo do alqueire, por assim dizer.

Infelizmente, acreditamos que muitas pessoas vão se perder por causa de suas crenças nos erros de Ellen White, e por isso temos que alertar tantas pessoas quanto possível.


Fonte: http://sabbatismos.com/

O Arrebatamento é um evento verdadeiro, isso irá acontecer?

O arrebatamento é verdade! Até mesmo os Adventistas crêem em um arrebatamento, eles simplesmente acham que vai acontecer depois do tempo da tribulação (ou a Grande Tribulação). Jesus diz que não iremos passar pela Grande Tribulação. A tribulação é o tempo das sete últimas pragas (Apocalipse 15). Jesus diz claramente que não vamos estar aqui, nós vamos escapar deles. Basta ler estes versos e deixa-los dizer o que eles dizem: 1 Ts. 1:10; 5:9,1 Coríntios. 15:51-52, 1 Ts. 4:13-18, Ap. 3:10).

O que os Adventistas ensinam sobre o Inferno?

Os Adventistas do Sétimo Dia não ensinam a doutrina bíblica do Inferno. Eles, assim como as Testemunhas de Jeová, ensinam que os incrédulos serão aniquilados e que o Inferno é temporário.


Você não acha que quando Ellen White disse: "Foi-me mostrado", não poderia significar que foi mostrado a ela onde encontrar as informações em um livro?


Realmente não importa o que pensamos que ela quis dizer já que ela mesmo disse que foi Deus ou um ser angélico que lhe mostrava  tudo o que ela viu.


O que há de errado com o Juízo Investigativo?

"Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, TEM a vida eterna e não entra em juízo, mas já passou da morte para a vida." João 5:24

O problema com o Juízo investigativo ensinado pelos pioneiros da IASD foi a forma como eles o "descobriram". O que precisa ser feito é rejeita-lo completamente porque NÃO é uma doutrina bíblica. Os adventistas admitem que nunca foi ensinado antes na história da Igreja Cristã.

O único motivo para que essa doutrina pendure até o hoje, e tentam dar-lhe um face-lift, é porque eles devem de alguma forma validar a data de 22 de outubro de 1844. Esta data, é claro, está errada porque a IASD começou com a data errada e o decreto errado.

O Juízo Investigativo, como ensinado por Ellen G. White (profetisa) e a Igreja Adventista está contido no livro "O Grande Conflito". Resumo: A salvação do crente é determinada por um julgamento de suas obras. Esta não é a salvação pela fé (Ef 2:8-9, Tito 3:5-7).

Citações de Ellen G. White, a "Mensageira do Senhor":

“No tempo indicado para o juízo - o final dos 2.300 dias, em 1844 - iniciou-se a obra de investigação e apagamento dos pecados. Todos os que já professaram o nome de Cristo serão submetidos àquele exame minucioso. Tanto os vivos como os mortos devem ser julgados "pelas coisas escritas nos livros, segundo as suas obras. O Grande Conflito, p.486 (grifos nosso).

“Cada caso fora decidido para a vida ou para a morte. Enquanto Jesus estivera ministrando no santuário, o juízo estivera em andamento pelos justos mortos, e a seguir pelos justos vivos. Primeiros Escritos, p. 280 (grifos nossos).

“Assim, no grande dia da expiação final e do juízo de investigação, os únicos casos a serem considerados são os do povo professo de Deus”. O Grande Conflito. p. 480 (grifos nosso).

“Ao abrirem-se os livros de registro no juízo, é passada em revista perante Deus a vida de todos os que creram em Jesus. Começando pelos que primeiro viveram na Terra, ...Todo nome é mencionado, cada caso minuciosamente investigado. Aceitam-se nomes, e rejeitam-se nomes. Quando alguém tem pecados que permaneçam nos livros de registro, para os quais não houve arrependimento nem perdão, seu nome será omitido do livro da vida, e o relato de suas boas ações apagado do livro memorial de Deus. O Grande Conflito, p. 483 (grifos nossos).

Agora, veja o que diz a Palavra de Deus:

“Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.” João 5:24

“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.” Romanos 8:1

Em quem você vai acreditar? Em Ellen White, que ensina que Crentes entram em um julgamento de obras, o qual determinará sua salvação ou na Santa Palavra de Deus que diz:

"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie;" Efésios 2:8-9

"Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo, que abundantemente ele derramou sobre nós por Jesus Cristo nosso Salvador; Para que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna." Tito 3:5-7

Os adventistas ensinam que podemos ficar sem pecado?

Sim, eles ensinam que os crentes podem ficar sem pecado:

"Aqueles que só através da fé em Cristo obedecem a todos os mandamentos de Deus chegará à condição de sem pecado em que Adão viveu antes de sua transgressão." Seventh-day Adventist Bible Commentary, vol. 6, p. 1118 (grifo nosso).

"To be redeemed means to cease from sin." [Sermos salvos significa cessar de pecar] Review & Herald, 25 de setembro de 1900 (grifo nosso). I João 1:8,10


Qual é o problema com Ellen White? Ela não foi realmente uma profetisa?


Uma das coisas mais decepcionantes sobre Ellen G. White é que em muitas ocasiões, que ela disse, "O Senhor mostrou-me", ou "nas visões da noite", ela estava na realidade copiando de livros. Ela contradiz a si mesma e a Bíblia e profetizou coisas que não se tornaram realidade.

Dizer que suas falsas profecias foram condicionais é sair pela tangente [um cop‑out]. Ela não as trata dessa forma. Temos a história completa de Jonas (que é concebido para mostrar que Deus deseja voltar atrás no seu julgamento), mas quando vemos Ellen White, em retrospectiva, é lamentável.


Fonte: http://www.exadventist.com/

O Decreto Dominical


Saiba Mais em:
DECRETO DOMINICAL

Esta doutrina ensina que aqueles cristãos que vão à igreja no Domingo (para a IASD a Marca da Besta), irão perseguir e matar os Adventistas do Sétimo Dia (para a IASD a Igreja Remanescente da profecia bíblica) que guardam o Sábado (para a IASD o Selo de Deus) e tem o Testemunho de Jesus (para a IASD os escritos considerados inspirados de Ellen White). Abaixo artigos sobre essa "teologia do bicho-papão".

Lei Nacional de Domingo: Fato ou Ficção? por Dirk Anderson

Decreto Dominical: Paranoia Adventista por Russell Earl Kelly, PHD

Síndrome da Perseguição

A Paranoia como Instrumento de Manipulação e Controle: Programando a Mente Através do Medo

Existirá realmente um Decreto Dominical?

É algo que nunca acontecerá. A Bíblia não ensina isso. Adventistas surgiram com ela como uma tática de medo para levar as pessoas a se juntarem a sua denominação e a adoração no Sábado.

O Selo de Deus não é o Sábado, a Bíblia diz claramente que é o Espírito Santo:

Existem outras religiões com ensinamentos semelhante à guarda do Sábado?

Muitas religiões antigas acreditavam em uma vida após a morte, um julgamento e ressurreição. Provavelmente por causa de uma compreensão comum da verdade que voltou com Noé. O antigo Israel  sempre guardou o Domingo na festa das Primícias, que era sempre o 1 º dia depois do sábado. Curiosamente, era o Domingo da Ressurreição que eles estavam comemorando. Toda aparição pós-ressurreição de Cristo que temos no Novo Testamento, quando nos é dito o dia que Ele apareceu, é sempre um Domingo.

Outra inconsistência com o Adventismo é que eles tentam associar Domingo com o paganismo, mas eles ignoram ou deixar de mencionar o fato de que o culto a Mitra também acreditava em algo que se assemelha a encarnação de Cristo e em serem lavados no sangue de sacrifício para expiar os pecados. Só porque existem semelhanças entre as religiões não significa que as semelhanças as definam como a mesma coisa. ("A vaca tem quatro pernas, uma cadeira tem quatro pernas, portanto, uma vaca é uma cadeira.")

O Domingo não é a marca da Besta. Vai ser uma marca na mão direita ou na testa de quem acompanha o anti-Cristo, não nosso Senhor Jesus Cristo.


O que os adventistas acreditam que acontece quando uma pessoa morre?

Os Adventistas do Sétimo Dia, assim como as Testemunhas de Jeová, ensinam que quando um crente morre sua alma "dorme". Alguns acreditam que você inteiramente deixa de existir. Existe um longo artigo sobre esse assunto em nosso blog chamado "O Estado dos Mortos" que expõe em grandes detalhes este assunto.

Os Adventistas não ensinam que somos salvos pela graça?


Os Adventistas do Sétimo Dia não ensinam salvação pela graça mediante a fé?

Sim, ensinam, mas eles também ensinam que a salvação definitiva de uma pessoa só será determinado pelo resultado do juízo investigativo. Esta doutrina, nunca foi ensinada antes na história da Igreja Cristã, ela ensina que a partir de 22 de outubro de 1844 a vida de todos os crentes estão sendo avaliadas pelo Juízo investigativo.

Durante este juízo, Adventistas ensinam, que os nomes dos crentes sobem perante Deus. Se um crente pecou esse pecado é marcado por um anjo nos registros do céu. Esse pecado vai contra o crente no julgamento. Se o crente confessar o pecado, "perdão" é escrito contra esse pecado, mas o pecado permanece nos livros de registro. Todos os pecados devem ser confessados, cada um, para ter "perdão", escrito nele.

Quando o nome de um crente vem à tona neste Juízo Investigativo, Deus irá pesar as boas obras contra os pecados. Um crente nunca sabe quando Deus colocará seu nome neste julgamento. Quando Deus olha para vida do crente, adventistas ensinam que, se aqueles pecados que foram confessados e tinham sido "perdoados" não foram perfeitamente superados, eles irão contra o crente.

Conclusão, um Adventista deve superar perfeitamente o seu pecado para estar perante Deus. Eles são ensinados por sua profetisa que eles devem estar diante de um Deus Santo sem Jesus como seu mediador. Sua profetisa Ellen G. White disse, “Os que estiverem vivendo sobre a Terra quando a intercessão de Cristo cessar no santuário celestial, deverão, sem mediador, estar em pé na presença do Deus santo”. (O Grande Conflito, p.425).

É desnecessário dizer que tudo isso contradiz o evangelho do Novo Testamento da graça. A Bíblia ensina que os crentes nunca entrarão em um julgamento para a sua salvação (João 5:24) e que não há condenação para um crente (Romanos 8:1). A Bíblia ensina que quando confessamos nossos pecados, eles não permanecem em qualquer lugar diante de Deus, eles são perdoados e limpos, apagados!(Veja 1 João 1:8-9; Isaías 43:25 e 44:22). A Bíblia ensina que Jesus nunca deixará de ser mediador de um crente (Hebreus 7:25).

Estamos diante de Deus, não por qualquer mérito da nossa parte ou por causa de quaisquer obras que fizemos (Tito 3:5, Romanos 3:28, Efésios 2:8-9).

Eles ensinam que graça mais obras é igual a salvação:

"Devemos ser todos ricos em boas obras, se queremos garantir-nos a vida futura e eterna. Quando o juízo se instituir e os livros forem abertos, cada qual será julgado e recompensado segundo as suas obras." Testemunhos Seletos, Vol. 1, p. 100 (grifo nosso). Lembre-se, isso é um julgamento de obras para a salvação, não por recompensa (galardões).

"Conquanto as boas obras não salvem alma alguma, é impossível que uma única alma se salve sem as boas obras." Mensagens Escolhidas, livro 1, p. 377 (grifo nosso).


CRENTES ENTRAM EM UM JULGAMENTO DE OBRAS QUE DETERMINARÁ SUA SALVAÇÃO


“No tempo indicado para o juízo - o final dos 2.300 dias, em 1844 - iniciou-se a obra de investigação e apagamento dos pecados. Todos os que já professaram o nome de Cristo serão submetidos àquele exame minucioso. Tanto os vivos como os mortos devem ser julgados"pelas coisas escritas nos livros,segundo as suas obras”. O Grande Conflito, p.486 (grifo nosso).

“Cada caso fora decidido para a vida ou para a morte. Enquanto Jesus estivera ministrando no santuário, o juízo estivera em andamento pelos justos mortos, e a seguir pelos justos vivos”. Primeiros Escritos, p. 280 (grifo nosso).

“Assim, no grande dia da expiação final e do juízo de investigação, os únicos casos a serem considerados são os do povo professo de Deus”. O Grande Conflito. p. 480 (grifo nosso).

“Ao abrirem-se os livros de registro no juízo, é passada em revista perante Deus a vida de todos os que creram em Jesus. Começando pelos que primeiro viveram na Terra, ...Todo nome é mencionado, cada caso minuciosamente investigado. Aceitam-se nomes, e rejeitam-se nomes. Quando alguém tem pecados que permaneçam nos livros de registro, para os quais não houve arrependimento nem perdão, seu nome será omitido do livro da vida, e o relato de suas boas ações apagado do livro memorial de Deus”. O Grande Conflito, p. 483 (grifo nosso).

Agora, veja o que diz a Palavra de Deus:

"Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida." João 5:24 (grifo nosso)

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito." Romanos 8:1 (grifo nosso)

Para saber mais sobre o Juízo Investigativo Clique Aqui.

Hélio S. Júnior



Dispensação


Princípios da Dispensação por Russell Earl Kelly, PHD

Israel - Diferenças da Igreja por Russell Earl Kelly, PHD

Promessas incondicionais de Deus a Israel por Russell Earl Kelly, PHD

A SEGUNDA VINDA DE CRISTO: A CLÁSSICA OBRA DE CLARENCE LARKIN AGORA EM PORTUGUÊS INCLUÍDO SEUS GRÁFICOS!

DISPENSATIONAL THEOLOGY OF RUSSELL EARL KELLY, PHD

Em Cristo,

Hélio S. Júnior

O Grande Conflito


O livro "O Grande Conflito" de Ellen G. White tem sido exaltado por Adventistas como sendo a mensagem final de Deus ao mundo, o produto de "visões de Deus." Parece bom demais para ser verdade? Você tem razão, é. Chegou o momento de expor toda a verdade sobre o "Grande Conflito".

O Grande Conflito Examinado

Será que este livro contém a mensagem final de Deus para o mundo?

O Grande Conflito e a Cosmovisão Adventista (The Great Controversy and the Seventh-day Adventist Worldview) uma visão geral de Ellen G. White, profeta co-fundadora Adventista e autora de "O Grande Conflito".

Confira citações controversas listadas por tópicos, incluindo a perseguição antecipada dos detentores de Sábado do sétimo dia pelos cristãos não-sabatistas  durante o "tempo de angústia."

O Grande Conflito - Ellen G. White x A Bíblia por Lynn Wunische

200+ EGW ERRORS IN THE GC (P320-410)
200+ EGW ERRORS IN THE GC (P410-440)
200+ EGW ERRORS IN THE GC (P445-605)


Waldensians Were NOT Sabbath-keepers

Hastings Great Controversy Between God and Man

Great Controversy Examined by Walter Rae

The Great Controversy worldview vs. the Bible

Seventh-Day Adventism - The Great Controversy - Video

Seventh-Day Adventism’s Great Controversy – Wretched Radio by Todd Friel

Controversy About the “Great Controversy,” by Nic Samojluk

Istorija - Ko su bili Albigenzi?

Em Cristo, nossa Única e Verdadeira Luz.

Hélio S. Júnior

A Marca da Besta


Adventistas ensinam que nos últimos dias, pouco antes da volta de Jesus, somente os que adoram no Sábado serão salvos. Eles particularmente acreditam que a adoração no Domingo será a Marca da Besta. Mas será que a Bíblia ensina que somente os observadores do Sábado serão salvos na Grande Tribulação antes do Armagedom? As pessoas que guardam o Domingo ou frequentam a igreja aos Domingos receberão o sinal da besta? O que a Bíblia diz?

Saiba Mais em:
DOMINGO, A MARCA DA BESTA?

A Marca da Besta por Dirk Anderson

A Marca da Besta - O que é? por Robert K. Sanders

Adoração no Domingo por Greg Taylor

The United States, Roman Catholicism and the Mark of the Beast

Ellen White’s Sunday Mark of the Beast Theory

The fallacy of the Mark of the Beast - Do you have it and not know it? According to Adventists it is Sunday worship in place of Saturday worship.

Is Sunday worship the MARK of the Beast?

Those Who Receive the Mark of the Beast

Adventistas são catequizados que adorar no Domingo, o dia do Senhor (Kyriakos Hemera como encontrado em Apocalipse 1:10), e não no Sábado judaico (sabbaton), fará com que cristãos recebam a "Marca da Besta".

Ellen G. White disse: "The change in the fourth commandment is the change pointed out in the prophecy, and the keeping of the counterfeit Sabbath is the reception of the mark." (The Spirit of Prophecy Volume 4, Page 281)

Por que cristãos tem sua reunião principal no Dia do Senhor (Domingo)?
Segundo Adventistas 3 Principais Razões apresentadas para rejeitar o culto cristão no Domingo são:

  1. O Papa (ou Constantino) mudou o Sábado para o Domingo.
  2. A observância do Domingo foi um resultado da introdução do paganismo no cristianismo (adoração ao sol).
  3. A Igreja Católica mudou o dia durante o Concílio de Laodiceia.
1. O Papa (ou Constantino) mudou o Sábado para o Domingo.

Essa primeira afirmativa é a mais divulgada. A crença da IASD de que o Papa mudou o dia vem das visões que ela teve quando alegou ter sido levada para o céu. A partir dessas visões ela escreveu que "o Papa", mudou o dia. Note que ela escreveu que em suas VISÕES de Deus viu que era o Papa que mudou o dia .

"Roma (o texto original diz o Papa) mudou o dia de repouso do sétimo para o primeiro dia da semana. Ele imaginou mudar o próprio mandamento que foi dado para levar o homem a lembrar-se do seu Criador. Pensou mudar o maior mandamento do Decálogo e assim fazer-se igual a Deus, ou mesmo exaltar-se acima de Deus." (Primeiros Escritos, pág. 65)

"Numa das tábuas havia quatro mandamentos e na outra seis. Os quatro da primeira tábua eram mais brilhantes que os seis da outra. Mas o quarto, o mandamento do sábado, brilhava mais que os outros; pois o sábado foi separado para ser guardado em honra do santo nome de Deus. O santo sábado tinha aparência gloriosa - um halo de glória o circundava. Vi que o mandamento do sábado não fora pregado na cruz. Se tivesse sido, os outros nove mandamentos também o teriam, e estaríamos na liberdade de transgredi-los a todos, bem como o quarto mandamento. Vi que Deus não havia mudado o sábado, pois Ele jamais muda. Mas Roma (o texto original diz o Papa) tinha-o mudado do sétimo para o primeiro dia da semana; pois deveria mudar os tempos e as leis. (Primeiros Escritos, pág. 33). 

O Papa Mudou o Sábado?

Adventistas aceitam isso como um fato histórico, como cumprimento de Daniel 7:25. Na verdade, este é o pilar principal de todo o seu sistema, no qual todo o resto depende. Se a sua posição sobre este ponto é falso, então todo o seu sistema também é falso?

Em seguida, eles devem ser capazes de provar esse ponto muito claramente.

Eles devem ser capazes de produzir prova histórica confiável para isso, dando o tempo, o modo, o lugar, as pessoas, os fatos e as razões para tão notável ocorrência.

Mas a única prova direta oferecida é simplesmente citações de catecismos católicos, que afirmam que a igreja fez a mudança! É isso toda a prova (?) Histórico que podem apresentar sobre este ponto? Sim, por tudo o que os escritores Sabatistas e acadêmicos, dos últimos 200 anos têm sido capazes de encontrar é apenas isso e nada mais. Não há um único historiador em todos os anais do mundo que já tenha afirmado que o papa mudou o sábado. Por anos adventistas vem citando estes catecismos como prova positiva sobre o assunto. Esse "fato" repousa apenas na alegação destes catecismos católicos.

Então, se nós admitimos em sua mera afirmação a afirmação prepotente dos católicos que mudou o sábado, por que não admitir também a alegação de que o papa é infalível, que ele tem as chaves de São Pedro, a cadeira do apóstolo, a única sucessão apostólica verdadeira, etc? Adventistas rapidamente repudiam todas essas outras reivindicações dos católicos, mas ansiosamente admitir a alegação de que eles mudaram o sábado, simplesmente porque esta se adapta às suas teorias, já que não se pode encontrar nenhuma outra prova. Eles denunciam escritores católicos como falsificadores, fraudes, enganadores e mentirosos, então, quando ele se adapta a sua finalidade, viram-se e citam suas meras afirmações como verdades inquestionáveis!

Além disso, até mesmo as reivindicações do Catecismo são deturpados. A teoria é que algumas centenas de anos depois de Cristo, o papa, por sua própria autoridade, mudou o sábado, e os catecismos são explicados para ensinar esta ideia. Mas nenhum deles faz tal afirmação ou algo parecido.

Cada uma dessas citações Católica afirma claramente que a mudança do sábado foi feito, não pelo papa, mas "pela igreja" nos dias de Cristo e dos apóstolos, e não várias centenas de anos depois.

Os católicos afirmam que a sua "igreja" originou-se nos dias dos apóstolos, e qualquer mudança feita pela igreja apostólica foi feita pela Igreja Católica. Portanto, eles afirmam que a "Igreja Católica" mudou o sábado nos dias dos apóstolos. Adventistas usam essas citações dos Catecismos sem explicá-los, dizendo que a alteração foi feita por papas apóstatas centenas de anos depois dos apóstolos.

Mas os Catecismos não afirmam tal coisa, como se vê nas citações acima. Assim, até mesmo os catecismos, quando lidos corretamente, ensinam que a observância do domingo originou-se com a igreja cristã nos dias dos apóstolos, apenas exatamente a verdade.

O que os adventistas fazem é deturpar os ensinamentos dos católicos em proveito próprio:

Testemunho de um padre católico.

"Tendo vivido durante anos entre os adventistas do sétimo dia, estou familiarizado com as suas alegações de que o papa de Roma mudou o sábado do sétimo dia para o primeiro dia da semana. Tais afirmações são totalmente infundadas. Os católicos afirmam tal coisa, mas afirmam que os próprios apóstolos estabeleceu a observância do domingo e que a recebemos por tradição deles. Os conselhos e papas depois apenas confirmaram a manutenção do dia, recebida dos apóstolos. - John Meiler, Rector of St. John's Church, Headlsburg, Cal.”"

Qual o significado da Besta e do 666 em Apocalipse?

A respeito do anticristo, e do número da besta, a palavra "besta" é usada simbolicamente para demontrar a ignorância do homem (Salmos 73:22), agindo como uma criatura irracional. isto é, sem consciência diante de Deus. No original, é a mesma palavra que aparece traduzida de forma diferente em Salmos 94:8; Jeremias 10:8,14,21; 51:17.

A palavra "besta" é usada também para designar grandes poderes seculares, tendo diferentes características, dependendo da criatura simbólica que é descrita, mas significando em todos os casos a ausência de qualquer conexão moral com Deus. Desta forma foi usada por Daniel referindo‑se aos quatro grandes reinos (Dan. 7:3‑23), em Apocalipse referindo‑se ao Anticristo e ao Império Romano restabelecito (Ap. 13:1; 20:10).

Quanto ao número da besta, 666, muitos já tentaram decifrá‑lo, fazendo contas mirabolantes e chegando a identificar os papas como sendo a besta. Não creio que esteja certo pensar assim, pois, embora a besta tenha poder eclesiástico, em Apoc. 17:16 vemos a grande meretriz, a Babilônia, que é a cristandade professa, da qual não faz parte apenas Roma, ser desolada pelos dez chifres da besta.

Essa cristandade inclui todo o sistema cristão criado por homens, que estará então unificado sob a influência de Roma. Os verdadeiros crentes, mesmo aqueles que agora pertencem a tais sistemas, serão arrebatados por Cristo antes da revelação da besta, ficando aqui na terra apenas as organizações chamadas cristãs, com seus membros que não tiverem sido renascidos, os quais continuarão a celebrar seus cultos e ofícios religiosos, se unindo cada vez mais até darem as boas vindas à besta.

O número 666 significa número de homem. Na Bíblia encontramos que o número 7 significa algo espiritualmente completo. Costuma estar relacionado ao bem e à perfeição.(Num. 8:2, Lev. 4:6,17; 8:11; Apoc. 1:4). Já o número 6 significa imperfeição ou algo incompleto, pois não chega a ser sete. O número 3 é algo completo em seu testemunho, assim como Deus é completo sendo uma trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, equanto ainda um só Deus.

Portanto, o número 6 repetido 3 vezes pode ser identificado como a completa imperfeição. Satanás irá querer imitar a Trindade divina, pois vemos a atuação de Satanás, da besta e do falso profeta. 666 é, portanto, a imperfeição elevado ao seu grau máximo. Pode ser que o número em si tenha um significado mais particular, identificando um determinado homem.

Mesmo assim, isso são apenas suposições, pois não devemos nos esquecer de que o número citado em Apocalipse não são três números "6", como "seis, seis, seis" ou "meia, meia, meia" como costumamos dizer, mas "seiscentos e sessenta e seis", um número inteiro.

Todavia, como o iníquo só será revelado após o arrebatamento, é infrutífero ficarmos tentando associar o número a algum homem. Assim como teria sido impossível para um israelita do Antigo Testamento discernir a Igreja, que só seria revelada a Paulo e, mesmo assim, depois de sua formação no dia de Pentecostes, tentar discernir algo que só irá interessar o remanescente judeu depois do arrebatamento pode não ser exatamente o que Deus quer daqueles que hoje fazem parte da igreja. O remanescente judeu que vai se converter durante a tribulação, depois que nós, a Igreja, formos arrebatados, terá subsídios suficientes para discernir o homem ao qual o número 666 se refere.

Mario Persona

Em Cristo,

Hélio S. Júnior

O Selo de Deus


ADVENTISTAS ACREDITAM QUE O SÁBADO É O SELO DE DEUS E AQUELES QUE ADORAM NO DOMINGO RECEBERÃO A MARCA DA BESTA.

É fato bem conhecido que os Adventistas ensinam a guarda do Sábado. O que muita gente não conhece é a crença que eles ensinam de que o Sábado é o Selo de Deus e que aqueles que adoram no Domingo antes do Arrebatamento receberão a marca da besta. Em última análise, de acordo com a teologia Adventista, a salvação nos últimos dias resume-ao dia em que você adora!

Saiba Mais em:
SÁBADO, O SELO DE DEUS?





Em Cristo,

Hélio S. Júnior

Igreja Remanescente


O Verdadeiro Remanescente exalta a Cristo, e não a si mesmo. 

A Igreja Adventistas do Sétimo Dia ensina que o livro de Apocalipse os identifica como a "Igreja Remanescente" da profecia bíblica (e que as Igrejas cristãs que adoram no Dia do Senhor (Domingo), na verdade, adorarão a besta). Esta posição é baseada principalmente em um versículo bíblico encontrado em Apocalipse 12:17:

"E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo."

Adventistas concluem que o Remanescente que deverá enfrentar a grande tribulação dos últimos dias guarda os Mandamentos de Deus (os 10 Mandamentos incluindo o Sábado) e possui o Espírito de Profecia (Ellen G. White). Testemunho de Jesus = Espírito de Profecia = Ellen White.

ARTIGOS:

A Verdadeira Igreja não é uma Instituição por Chris Badenhorst

Qual é o Verdadeiro Cristo da Igreja Cristã?

A Igreja Adventista do Sétimo Dia é a Igreja Remanescente? por Sydney Cleveland

Como ser membro da Verdadeira Igreja por Rodney Nelson

O Que é a Igreja? por Robert K. Sanders

Sábado: O Selo de Deus e a Escatologia Adventista por Greg Taylor

Quem é a mulher vestida do sol, em Apocalipse 12? por Ciro Sanches Zibordi

Quem é o Espírito de Profecia por CACP

Quais são os Mandamentos de Deus? Os Adventistas ensinam que os "mandamentos de Deus" em Apocalipse 12:17 e Apocalipse 14:12 se referem aos Dez Mandamentos. O que a Bíblia diz?

Os Mandamentos de Deus é um trecho do capítulo 25 do livro Sabbath in Christ por Dale Ratzlaff, no qual ele aborda a alegação Adventista de que é a igreja remanescente, porque é a única denominação que "guardam os mandamentos de Deus (leia Decálogo)" (NVI) baseando-se em Apocalipse12:17 e Apocalipse 14:12.

O Verdadeiro Remanescente exalta a Cristo, e não a si mesmo por Max Gordon Phillips

A Identidade da Igreja Remanescente por D. Anderson

O que significa "O Testemunho de Jesus?" por Ex-Adventist

Os Valdenses Guardavam o Sábado? pelo Pastor Thomas Soggin da Igreja dos Valdenses

Denominação, Seita, ou Igreja Remanescente? por Hélio S. Júnior

Which is the One True Church? por Dr. Adrian Bury

What is the True Church? por David M. Curtis

Is the Church Spiritual Israel?- Are the blessings of Israel now for the Church, do we become the Israel?

A Igreja Adventista é a Igreja Remanescente?

Batistas, Assembleianos, Presbiterianos, Metodistas, etc. Até onde sei, nenhum deles se auto-intitulam como a única Igreja verdadeira, mas na minha experiência todos eles proclamam o único verdadeiro Salvador. O Verdadeiro Remanescente exalta a Cristo, e não a si mesmo. O Adventismo, entretanto, promove a visão elitista de que é a verdadeira igreja retratada em Apocalipse capítulo 12 (que simboliza Israel não a igreja. Conf. Gênesis 37). Naturalmente, isto significa que as outras igrejas são apóstatas e não têm a "verdade plena", concedendo a adventistas a licença para procurar convertidos entre os evangélicos, muitas vezes através de técnicas de camuflagem, como "Seminários sobre Profecias."

Qual é a Única e Verdadeira Igreja?

A Verdadeira Igreja

Em Cristo,

Hélio S. Júnior

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais Acessadas

Você já encontrou Descanso em Cristo?

Jesus Cristo, o Sábado da Nova Aliança

Você Sabia que a palavra sabbatismos é encontrado apenas uma vez na Bíblia?

"Assim, ainda resta um descanso sabático (sabbatismos) pois todo aquele que entra no descanso de Deus, também descansa das suas obras, como Deus descansou das suas. Portanto, esforcemo-nos por entrar nesse descanso, para que ninguém venha a cair, seguindo aquele exemplo de desobediência." Hebreus 4:9-11 (NIV).

O autor de Hebreus usa o sétimo dia, o Sábado, como uma sombra de uma realidade futura e atual (Hoje), quanto aceitamos o convite de Cristo:

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis DESCAN­SO (ou sábado) para as vossas almas." (Mateus 11 : 28,29)

A palavra "descanso" em hebraico é "SHABATH", e em Grego é "ANAPAUSSIN", que também significa "REFRIGÉRIO". Não é glorioso?

Jesus completou ou trouxe vida ao 4º mandamento, quando apresentou o verdadeiro sábado do cristão. Ele mostrou que o verdadeiro descanso es­tava Nele mesmo.

Nossa Missão: Proclamar as Boas Novas do Evangelho da Nova Aliança da Graça em Cristo Jesus e Defender a Fé combatendo os erros do Legalismo e da Falsa Religião.

Nosso Lema: A Verdade não precisa de outro fundamento que não a investigação honesta, sob a orientação do Espírito Santo e a vontade de seguir a Verdade quando for descoberta. "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." João 8:32

Nossa Mensagem: "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus, não como resultado de obras, para que ninguém se glorie". Efésios 2:8-9

Nosso Método: Em amor escrever, orar e divulgar matérias escritas por teólogos e pastores ex-adventistas que fornecem informações precisas sobre a doutrina e prática da Igreja Adventista do Sétimo dia.

Nosso Mandato: Cerca de 300.000 membros deixam a Igreja Adventista do Sétimo Dia a cada ano. Muitas dessas pessoas queridas passam por um momento muito difícil de transição para outras igrejas cristãs. Eles foram ensinados que uma vez que aceitam os testemunhos de Ellen White e o Sábado do sétimo dia e depois, se abandona-los, eles perderiam a sua salvação. Observe as seguintes citações de Ellen White que os adventistas ainda consideram ser uma "fonte" autorizada da verdade, inspirada no mesmo nível que os profetas do Antigo Testamento como Isaías e Jeremias:

"It is Satan's plan to weaken the faith of God’s people in the Testimonies [writings of Ellen White] . Next follows skepticism in regard to the vital points of our faith, the pillars of our position, then doubt as to the Holy Scriptures, and then the downward march to perdition. When the Testimonies, which were once believed, are doubted and given up, Satan knows the deceived ones will not stop at this; and he redoubles his efforts till he launches them into open rebellion, which becomes incurable and ends in destruction.” Ellen G. White, Testimonies to the Church, Vol. 4, p. 211.

“If you lose confidence in the Testimonies you will drift away from Bible truth.” Ellen G. White, Testimonies to the Church, Vol. 5, p. 98.

"Then I was shown a company who were howling in agony. On their garments was written in large characters, 'Thou art weighed in the balance, and found wanting.' I asked who this company were. The angel said, 'these are they who have once kept the Sabbath and have given it up.'" Ellen G. White, Early Writings, p. 37

"God will never, never allow any man to pass through the pearly gates of the city of God who does not bear the signet of the faithful, His government mark." [in context the signet mark is the Sabbath] Ellen G. White, Medical Ministry, p. 123.

"God will frown upon those who disregard his commandments and he cannot bless the church that retains Sabbath-breakers in its fellowship." Ellen G. White, Signs of the Times, 1890-06-02.

Pode-se ver o trauma, interno intenso que os adventistas têm de enfrentar quando tentam deixar esses ensinamentos sectários de Ellen White.

Nosso Ministério: Temos ajudado milhares de pessoas na transição para fora do Adventismo, a encontrarem a certeza da salvação na justiça de Cristo somente, a tornarem-se fundamentados na Palavra de Deus e encontrar comunhão em igrejas cristãs saudáveis​​.